Skip to content

Perdi minha virgindade com meu namorado

O dia em que finalmente decidi dar minha buceta e perder a virgindade.

Olá pessoal do contos de sexo, hoje vou contar para vocês como perdi minha virgindade, como tudo aconteceu e eu sei que vocês estão bem safadinhos para ler meu melhor conto erótico.

Eu era uma garota jovem e ainda virgem a até pouco tempo atrás, porém por ser uma humana e uma mulher digamos que bastante fogosa, eu já tinha chegado a uma fase da vida que meu corpo implorava, gritava por um pau bem gostoso. Eu acredito que a maioria de vocês vão me entender.

Eu tenho meia estatura, 23 anos e estou desempregada no momento. Sei que agora mesmo estão se perguntando como consegui aguentar tanto tempo assim sem sexo, mas preciso confessar que foi uma tortura pra mim também.

Eu até tinha um relacionamento com um cara, ele é evangélico e muito “certinho”, só queria transar depois do casamento, e no início eu até aceitei, mas depois de um tempo mudei de ideia. Eu insisti bastante, queria transar logo, mas ele sempre insistia na ideia de casar virgem.

Então comecei a provoca-lo bastante, passei a andar pelo o apartamento onde nós morávamos apenas de calcinha e sutiã, as vezes só de camisa e sem calcinha e sem sutiã, sempre usando o meu melhor para seduzir ele. Até que um dia ele abaixou a guarda e cedeu aos desejos dele, e eu claro, fui pra cima.

Meu namorado me comeu e eu perdi a virgindade no sofá

Era uma sexta feira, e ele estava sozinho na sala assistindo televisão. Era tarde da noite, mas eu não conseguia pegar no sono, tava em um daqueles dias em que nós mulheres subimos pelas paredes. Fui até onde ele estava e flagrei ele alisando o próprio pau, parecia está meio ereto.

Eu não resisti aquela imagem, voltei no quarto e tirei toda minha roupa e pensei: “É agora ou nunca mais”. Fiquei peladinha, e a cena na minha cabeça era apenas, sou uma novinha querendo perder a virgindade. Quando ele viu eu chegando peladinha na frente dele ficou curioso, eu não pensei duas vezes, e me ajoelhei na frente dele e comecei a alisar o pau dele.

O pau dele era grosso e cheio de veias, e pela cara que ele fez, sei que ele adorou o carinho intimo que fiz no pau dele. Depois de um bom tempo masturbando o pau dele com aquela punheta bem gostosa, ele me jogou no sofá.

Ele não disse nada, nem uma só palavra, me olhou nos meus olhos com cara de um desejo profundo, me agarrou pela cintura e me puxou de vez para cima dele. Na hora, minha buceta já estava toda molhadinha, e ele começou a enfiar bem devagar, foi enfiando, enfiando com muito carinho e cuidado.

Eu tentei não gritar, e memso que ele estivesse indo tão gentil, eu sentia doer muito, quando senti entrar tudo comecei a gostar da sensação, ele metia muito, e bem fundo. Depois a força foi aumentando, mais e mais, cada vez enfiando forte e mais fundo em mim, me arrombava inteirinha. Foram horas fazendo um sexo ardente, um amor gostoso quando me dei conta eu já estava alargada.

E foi assim que eu perdi minha virgindade.

 

Envie seu conto erótico aqui para o site!