Skip to content

O primeiro sexo de uma lésbica virgem

O dia em que eu fiz sexo pela primeira vez e.... Era uma vez uma lésbica virgem.

Oie meus amores do Conto de Sexo, tudo bem? Meu nome é Marta, tenho 23 anos, me considero novinha ainda e sou lésbica. Hoje vou relatar com o máximo de detalhes que eu puder como foi a minha primeira vez nesse conto erótico que eu intitulei de “O primeiro sexo de uma lésbica virgem“.

Estou me formando em direito, e faço estágio em um escritório de advocacia bem famoso da minha cidade, no total somos 7 pessoas que trabalham aqui, 5 deles são homens e apenas eu e minha patroa de mulheres.

Um belo dia após o expediente normal da empresa, todos foram embora e apenas minha patroa e eu ficamos no escritório pois tínhamos que organizar umas coisas para uma audiência no dia seguinte. Minha patroa é uma morena bonita, alta, bocas carnudas e uma bunda grande. Ela malha e tem umas coxas grossas definidas, e ela também é lésbica assumida.

A gente estávamos sentados na mesa principal da sala dela, ela de um lado e eu do outro, lendo os documentos de um caso que iria a julgamento no dia seguinte. Após alguns minutos que a gente já estava sozinhas na sala, eu senti a mão dela passando nas minhas coxas, bem de leve, aquilo me excitou e eu fiquei molhadinha na hora, pois assim como ela eu também sou lésbica, só que eu nunca tinha tido relações sexuais antes na minha vida, a minha buceta ainda era virgem.

Veja também:
Perdi minha virgindade com meu namorado
A primeira vez da minha prima virgem

Lésbica virgem perdendo a virgindade

Novinha transando com a patroa

Quando eu percebi o que estava acontecendo, sentindo sua mão deslizando em minhas coxas, ela me perguntou se estava tudo bem comigo, e eu claro, disse que sim, dali em diante a putaria rolou e o meu primeiro sexo estava prestes a começar.

Ela veio até mim e começou a me beijar com aqueles lábios carnudos enquanto acariciava minha buceta sobre a calcinha me deixando toda molhada e com a calcinha encharcada. Ela chupava meu pescoço e a cada peça de roupa minha que ela tirava, ela chupava aquele lugar, aquilo me fazia delirar de excitação.

Depois de me deixar totalmente nua, ela começou a chupar os bicos dos meus peitos, lentamente passava sua língua molhada no meus seios e me lambuzava toda, começou a descer por meu torax, barriga até chegar na minha xota, onde ela começou a passa a língua ao redor do buraco da minha buceta e chupou deliciosamente minha perereca por uns 30 minutos, até que eu chegasse no primeiro orgasmo em relação sexual.

Mas não parava por ai, ela ainda não se sentia satisfeita, então tirou a roupa dela e ficou pelada na minha frente, veio para cima de mim e começou a esfregar sua buceta na minha enquanto me beijava. Depois daquilo, ela enfiou um dos dedos na minha bucetinha, senti um pequeno incomodo mais entrou e depois ela colocou mais um.

Ela enfiava os dedos na minha buceta de uma forma muito agradável e gostosa enquanto me beijava e chupava o meu pescoço. Não levou muito tempo até que eu gozasse mais uma vez, e assim foi a primeira vez que eu transei de verdade com outra mulher, pois até então era só beijinhos.

Envie seu conto erótico aqui para o site!