Skip to content

Sexo apaixonado

Mulher sedenta de desejo e paixão faz o sexo mais apaixonado da sua vida.

Olá meus leitores amigos, hoje vou contar para vocês um conto real de sexo apaixonado que tive com um homem maravilhoso. Tudo começou depois de nos desentendermos por algo bobo em nosso relacionamento.

A gente marcou de nos encontrar e conversar sobre o pequeno mal entendido, buscando resolver logo aquela situação chata. Aquele clima chato que a conversa seria muito mais chata ainda me deixava muito tensa, mas estávamos a muitos dias sem nos vermos, e aquilo aumentou o meu tesão, e só de ouvir ele conversar já me arrepiava inteira.

Antes da nossa conversa começar a rolar, não resisti e acabei dando um beijo naquele homem maravilhoso, um beijo misturado de tesão e saudade que me enlouqueceu.

Ele até tentou resistir ao meu beijo, queria muito conversar antes de tudo, mas não consegui parar de beija-lo, e ali mesmo no carro dele implorei para que ele chupasse minha bucetinha. E pra minha sorte ele com aquela boca gostosa e macia obedeceu e começou a me chupar.

Uma verdadeira delicia de boca, era muito excitante sentir aquele homem me chupando pela força da raiva, chupava minha bucetinha com tesão e ódio e aquilo era muito gostoso. Queria ser penetrada por ele com aquele pau grosso e cheio de veias, gostoso que sou apaixonada. Mais uma vez ele em uma tentativa frustada tentou resistir, mas quando ele viu eu delirando de prazer, arrancou minha roupa e começou a me foder com vontade, e eu ficava com mais tesão ainda vendo aquele homem enfurecido me fodendo bem gostoso e eu gozei naquele pau dele, enquanto ele me xingava de maldita desgraçada.

Veja também:
Fiz sexo anal com minha esposa no motel
Uma trepada com a visitante

Casal apaixonado fazendo sexo no carro

Depois de foder bem gostoso com aquele cara conversamos sobre o problema e a conversa não foi nada legal. Saí daquele carro com uma decisão nada agradável, não queria mais ver aquele cara. Mas ainda assim não aceitava a ideia de terminar com ele, era claro que a gente se amava.

A gente conversou mais por mensagens de Whatsapp, e quando estava tudo praticamente acabado nos entendemos e resolvemos conversar pessoalmente de novo. Por dentro eu sabia que a gente não ia ficar só na conversa, nossos corpos não ia ficar somente na conversa, o desejo iria falar mais alto, nós dois juntos somos como fogo e gasolina.

Ele passou na minha casa e me buscou de carro, no meio do caminho tive uma sensação de que havia esquecido algo, mas não me lembrava o que era.

Quando chegamos no lugar onde a gente iria ficar, começamos a se beijar e ele passou a mão na minha xoxota, e foi ai que lembrei o que tinha esquecido: A minha calcinha.

Eu consegui ver o tesão daquele homem nos olhos dele, precisamos descer para conversar e eu só imaginava aquele homem com as calças abaixadas e eu chupando o pau dele bem gostoso. Conversamos por algumas horas e decidimos ir embora, mas no meio do caminho não resisti de novo e peguei no pau dele, tirei pra fora e comecei a fazer um boquete bem gostoso.

Ele de novo tirou minha roupa e enquanto ele diria com uma mão a outra mão dele masturbava meu clitóris bem gostoso. Os semáforos não colaboravam com a gente, eu queria muito ser chupada por ele naquele momento, e sem ver o que se passava lá fora e quem poderia nos ver, senti aquela boca dele quente vindo na minha buceta e me chupando toda, e eu já quase explodindo de tesão dentro do carro quando ele começou a socar os dedos dele na minha buceta e no meu cuzinho deliciosamente ai foi a gota d’água, gozei na hora.

Eu ainda estava meia bamba depois de ter gozado e percebi que ele parou o carro em algum lugar, e aquele sonho de homem veio pra cima de mim de novo me foder bem forte com o tesão dele pingando dentro de mim. Sem me perguntar meteu forte no meu cu, me fez gritar de tesão, delírio e dor ao mesmo tempo. Mas naquele momento tudo que eu queria era sentir ele gozando gostoso dentro de mim, e foi assim que aconteceu.

P.S: Renato, eu te amo!

545 Leitores curtiram esse conto

Tags: ,